«

»

jul 11 2017

Imprimir Post

Novidade no percurso agita regatas da Semana de Vela de Ilhabela 2017

A organização da Semana de Vela de Ilhabela 2017 adotou uma estratégia para evitar que o percurso das regatas desta terça-feira (11), no Canal de São Sebastião, beneficiasse mais os barcos com calados menores nas provas de barla-sota. Várias boias proibindo a aproximação às zonas mais rasas com menos correnteza, chamadas de baixio, foi colocada para as regatas do segundo dia de disputa. Na prática, os veleiros ficaram ‘embolados’ na largada. ”Não tem aquela diferença de calado, favorecendo o barco menor de navegar mais e mais rápido próximo à ilha. Isso fica mais justo para todos”, explicou Cuca Sodré, juiz internacional de regata e organizador da Semana de Vela de Ilhabela.

A limitação do baixio foi aprovada pelas tripulações, principalmente para os que estão a bordo dos barcos maiores. ”A linha marcou bem o canal, deixando a regata bem interessante. Isso causou um tumulto na largada, com pequenos e grandes juntos. Antes os barcos pequenos tinham facilidade em entrar na parte rasa. Está tudo bem aberto”, contou Matheus Dellagnelo, tático do Miragem, atual campeão da classe ORC.

Segundo André ‘Bochecha’ Fonseca, tático do Pajero (barco que mede na ORC), a terça-feira de ventos de 12 a 15 nós de média foi especial para a modalidade, ou seja, ventos e sol. ”Mais uma vez esse grande gol da Semana de Vela de Ilhabela com duas regatas excelentes. Sempre surpreendendo velejar no canal. Teve muita emoção nas montagens de boia”.

Após o descanso na véspera, as 123 equipes voltaram à competir no litoral norte paulista em provas em três percursos. Dois barla-sota no Canal de São Sebastião e uma regata de percurso médio para as categorias Clássicos, Bico de Proa e RGS.

”Na quarta, a regata será no lado leste, na Ponta das Canas, que é uma raia mais aberta, mais fácil para todo mundo. Aqui no Canal de São Sebastião temos o baixio, que exige muita cambada, muitas manobras”, falou André Mirsky, do Neptunus HP.

Regatas desta terça-feira de HPE30 e C30

As classes de monotipo fizeram duas regatas cada nesta terça-feira. O melhor desempenho até agora é do Caiçara na categoria C30. Em segundo está o Caballo Loco. ”A classe C30 está nivelando mais os barcos, deixando a disputa mais equilibrada, apesar de ainda ter alguns favoritos, como o Caiçara. Foi um dia maravilhoso, com vento, sem correnteza. Ganhou quem manobrou menos (Caiçara), e o trecho de baixio praticamente definiu as provas”, Mauro Dottori, comandante Caballo Loco.

Na HPE30, o Neptunus HP assumiu a liderança com uma vitória e um terceiro lugar. O acumulado coloca Phoenix Mad Max e The Punisher em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

”Depois da regata de Toque-Toque, fomos bem confiantes para as regatas de hoje, bem felizes. Nossa intenção é fazer uma boa média e nos mantermos entre os primeiros colocados durante a semana. Ganhamos a primeira regata, disputando com o Punisher. Na segunda, os argentinos cambaram muito e ficaram na nossa frente. Os barcos da HPE30 estão andando muito juntos. São barcos de fabricação bem perfeita, sem nenhuma diferença. Por isso, na largada, estão todos iguais”, disse André Mirsky, comandante do Naptunus.

A classe HPE 25 faz sua estreia na Semana de Vela de Ilhabela nesta quarta-feira (12). A prova de domingo (9), a Regata Renato Frankenthal, não valeu pontos para o evento.

Confira as imagens do dia:

 

Mais informações:

Site oficial – svilhabela.com.br
Facebook – svilhabela
Twitter – svilhabela
Instagram – svilhabela
Youtube – Semana de Vela de Ilhabela

Contatos:
Flávio Perez

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/novidade-no-percurso-agita-regatas-da-semana-de-vela-de-ilhabela-2017/