maio 28 2017

Dia de pouco vento encerra o 1º fim de semana da Copa Suzuki

Com a realização de uma regata para todas as classes participantes, este domingo de pouco vento terminou o primeiro final de semana deste segunda etapa da Copa Suzuki – Circuito Ilhabela de Vela.

O dia amanheceu quente e abafado em Ilhabela e o vento demorou a marcar presença, tanto que a comissão de regatas chegou a subir em terra a bandeira Recon, que indica a suspensão por tempo indeterminado das regatas do dia.

Na dúvida, depois de algum tempo, Recon recolhida, a flotilha se dirigiu ao extremo norte do Canal de São Sebastião, onde foi possível montar uma raia para uma regata barla-sota de aproximadamente 5 milhas para as classes IRC, RGS, Clássicos e Bico de Proa e uma um pouco menor, de 4 milhas, para a HPE25 e C30.

Largando por volta das 13h40 os veleiros das classes mais rápidas, conseguiram completar a regata com mais facilidade, já os clássicos e alguns RGS e IRC sofreram com a falta de vento ao final da competição.

Aliás, o vento sueste não passou dos 5 nós nesta tarde quente em Ilhabela. De qualquer modo, embora com um número reduzido de regatas neste primeiro final de semana, as posições começam se definir na etapa.

Na C30 o Caiçara, de Marcos de Oliveira Cesar, assumiu a liderança, com 5 pontos acumulados nas três regatas. Na sequência, com 7 pontos, o Caballo Loco, de Mauro Dottori e o Barracuda, de Humberto Diniz, vêm na terceira posição, seguido do +Realizado, de José Luis Apud.

Na HPE25 o Phoenix, de Eduardo Souza Ramos, confirmou a liderança, acumulando 7 pontos em três regatas. Em segundo, o Ginga, de Breno Chvaicer, com 9 pontos e o Atrevido, de Fábio Bocciareli, com 10 pontos, na terceira colocação,

O Bl3 Urca, de Pedro Rodrigues assumiu a liderança da IRC, com 4 pontos somados em duas regatas. Com 5 pontos o Argos, de Jaime Cupertino, vem na segunda colocação e o Asbar II, de Sérgio Klepácz, com apenas um ponto a mais, ocupa a terceira colocação da etapa.

O Mystic, de Carlos Gerevine é quem assumiu a liderança da RGS, com 3 pontos acumulados. O Karaca, de Morgan Watkins, com 5 pontos, vem na segunda colocação e o BL3, de Clauberto Andrade, com 6 pontos ocupa o terceiro lugar da etapa.

Os veleiros Clássicos, que participam da Copa Suzuki pela primeira vez com uma pontuação própria para a classe disputam concomitantemente a Copa Pimentel Duarte de Veleiros Clássicos, que ocorrerá em três etapas, aqui, na Semana de Vela e em Santos.

Dentre os clássicos, o Aries III, de Alex Calabria, um Frers F&C 43, de 1971, está liderando, com 3 pontos acumulados.

O Vendetta, de Marco D’Ippolito, um Tartan 44, de 1975, vem na segunda colocação, com 5 pontos, seguido do Turuna, de Regina Michel, um Classe Brasil 40, de 1952, também com 5 pontos acumulados.

A Copa Suzuki – Circuito Ilhabela de Vela prossegue no próximo final de semana, dias 3 e 4 de junho, quando acontecerá a premiação da etapa.
O evento é realizado pelo Yacht Club de Ilhabela, tem patrocínio da Suzuki Veículos e apoio e da Antena 1, O Ancoradouro, Balaio de Ideias, Fevesp, Revista Mariner, North Sails, Quantum Sails, Marina Supmar e Rádio Vozes.

Veja as fotos aqui

 

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/dia-de-pouco-vento-encerra-o-1o-fim-de-semana-da-copa-suzuki/

maio 27 2017

Com 46 barcos inscritos começa a Copa Suzuki

A segunda etapa da Copa Suzuki começou neste sábado com a participação de uma flotilha de 46 embarcações das classes C30, HPE 25, IRC, RGS e Clássicos.

A tarde ensolarada de vento sul constante na faixa dos 10 nós permitiu que a comissão de regatas iniciasse o campeonato como uma regata longa, com largada defronte ao Yacht Club de Ilhabela e contorno da Farol dos Moleques, sul do Canal de São Sebastião, para as classes Clássicos, IRC e RGS. Os veleiros da C30 tiveram um percurso menor, de cerca de 18 milhas totais e a HPE25 pode realizar duas regatas menores.

E foi na HPE25 que a equipe Phoenix,comandada por Eduardo Souza Ramos, ao vencer a primeira regata e ficar em terceiro lugar na outra regata do dia, assumiu a liderança do campeonato.

Pedro Lodovici, comandando o Dom, somou 7 pontos nas duas regatas e assumiu a vice-liderança da etapa. Em terceiro, o Atrevido, de Fabio Bocciarelli, com 8 pontos.

Vale registrar que a HPE25 contou com nada menos do que 16 embarcações inscritas nesta etapa.

A classe C30, como sempre equilibrada, tem apenas 3 pontos separando os três primeiros, após duas regatas. O Caballo Loco, de Mauro Dottori, com 3 pontos, vem na primeira colocação, seguido do Caiçara, de Marcos de Oliveira César, com 4 pontos e com o Barracuda, de Humberto Diniz, com 5 pontos,  na terceira colocação. O +Realizado foi o quarto colocado, somando 8 pontos nas duas regatas realizadas.

O Bl3, de Clauberto Andrade, barco-escola aqui de Ilhabela foi o vencedor da única regata do dia. O Colin de Sebastian Mendez, ficou com a segunda colocação, seguido do Karaca, de Morgan Watkins.

Na disputada IRC, foi o Asbar II. de Sérgio Klepácz, o vencedor da regata do dia. Na segunda e terceira colocações, respectivamente, o BL3 Urca, de Pedro Rodrigues e O Jazz, de John Julio Jansen.

Clássicos na raia

Uma novidade desta segunda etapa foi a participação de veleiros clássicos, embarcações com 25, 50 e até mesmo mais de 90 anos, que correram a mesma regata para contornar o Farol dos Moleques.

Dos 12 veleiros inscritos na categoria, alguns já são conhecidos aqui das águas de Ilhabela, como o Atrevida e  o Áries III. Alguns, entretanto, disputaram sua primeira regata aqui no Canal de São Sebastião, como o Shogun e o Criloa,

Foi o Áries III o vencedor da regata do dia, seguido do Turuna e com o Aventura na terceira colocação.

A excelente tarde de regatas terminou em clima de muita confraternização na canoa de cerveja acompanhada de uma bela rodada de pizzas,na varanda do Yacht Club de Ilhabela.

Amanhã, domingo, prosseguem as regatas deste primeiro final de semana de segunda etapa, que só termina no próximo final de semana dias 3 e 4 de junho.

Vejam algumas das fotos deste primeiro dia de regatas:

 

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/com-46-barcos-inscritos-comeca-a-copa-suzuki/

maio 25 2017

Alcatrazes: Aprovado Plano de Manejo

Portaria Nº 350, DE 19 de maio 2017

Aprova o Plano de Manejo da Estação Ecológica de Tupinambás e Refúgio de Vida Silvestre do Arquipélago de Alcatrazes, localizados no estado de São Paulo (Processo nº 02126.012834/2016-42), publicada no D.O.U em 24/05/2017.
Um importante ciclo na conservação de Alcatrazes com a publicação dos planos de manejo da Esec Tupinambás e Refúgio de Alcatrazes. Contamos com a participação voluntária de 76 pesquisadores além de conselheiros e apoiadores. Foram sete anos de trabalho com um planejamento territorial e participativo que permitiu que o plano de manejo do Refúgio de Alcatrazes fosse elaborado em 9 meses, antes do primeiro aniversário de criação da UC. Os planos foram elaborados pela equipe das UC e custaram cerca de 40 mil reais, quebrando paradigmas de planejamentos caros e com equipes externas e permitindo uma apropriação do planejamento pela equipe gestora e conselheiros,  fundamental para a implementação dos planos de manejo.
Texto de Kellen Leite – ICMBio

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/2914-2/

maio 25 2017

Projeto Água Vida

Foto de Mário Barilá Filho que faz parte do acervo do Projeto Água Vida

Nosso associado Mário Barilá Filho, realiza exposição de fotos para o Projeto Água Vida, cuja renda obtida com a venda das fotos, será revertida para o reflorestamento de Fernando de Noronha.

Já foram realizadas ações de reflorestamento em Ilhabela, nas praias do Bonete e de Castelhanos e na trilha do Baepi, a cidade de Mariana, Minas Gerais, também recebeu as árvores do projeto Água Vida e agora será a vez de Fernando de Noronha!

Estão todos convidados.

Sábado, 27/5, das 19h00 às 23h00 – na Pousada Armação dos Ventos que fica na Av. Perimetral Norte, 4260, em Ilhabela.

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/projeto-agua-vida/

maio 25 2017

Feijoada no YCI

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/feijoada-no-yci/

maio 18 2017

Lançamento oficial da Semana de Vela aconteceu em SP

18

Aconteceu na noite desta quarta-feira, 17 de maio, na sede da Rádio Antena 1, em São Paulo, o lançamento oficial da 44ª edição da Semana de Vela de Ilhabela, maior competição de vela oceânica da América Latina.

O evento contou com velejadores, representantes da Prefeitura de Ilhabela, da comissão organizadora, imprensa, diretores e associados do YCI.

O comodoro José Yunes, ressaltou a importância da interação do clube com a prefeitura, tornando ainda maior o evento e aumentando a geração de receitas de turismo para o município. Yunes, lembrou a importância do trabalho de todos os envolvidos, sejam os secretários municipais, sejam os diretores do clube e todos os que fazem o evento acontecer.

O Comodoro reiteirou o convite aos velejadores, ressaltando que o clube está de portas abertas para receber as equipes.

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, ressaltou a importância da parceria prefeitura-YCI para manter a Semana de Vela de Ilhabela como um dos grandes eventos mundiais da vela, trazendo benefícios ao município e contando com a experiência do clube na organização da competição.

O secretário de Turismo, Ricardo Fazzini, apresentou o plano de patrocínio e as ações que a prefeitura vai realizar na Vila, centro de Ilhabela, onde será montado um “Race Village” no qual a população, turistas e velejadores encontrarão atividades como um cinema, e stands de patrocinadores e apoiadores.

Carlos Eduardo Souza e Silva, o Kalu, diretor de vela do YCI, apresentou toda a estrutura do clube e ressaltou também a interação com a prefeitura, lembrando que as tradicionais entrevistas com velejadores, que são feitas ao final do dia de regatas, serão realizadas no midia center que será montado no race village, aproximando velejadores dos espectadores em terra.

Aliás, outro projeto ousado para esta 44ª edição, será a transmissão ao vivo das regatas para o race village. Além da colocação de chips nas embarcações, permitindo que quem está em terra acompanhe em tempo real a evolução das regatas.

A Semana de Vela de Ilhabela é única por proporcionar uma infinidade de situações com diversos tipos de percurso, condições de vento, corrente e dar chance para os amadores medirem esforços com profissionais e olímpicos. Na edição 2016 participaram 136 barcos de 13 classes, entre eles equipes do Uruguai, Argentina e Chile. As regatas de 2017 também serão válidas pelos Campeonatos Sul-Americanos das classes ORC, IRC e Campeonatos Brasileiros das classes C30 e BRA-RGS.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente no site oficial do evento. O acesso ao sistema estará disponível até o dia 2 de julho. A organização dará desconto para as tripulações de veleiros nas poitas do Yacht Club Ilhabela e barcos que ficarem em seus clubes ou amarras próprias. Também haverá redução no valor para as tripulações de veleiros que tenham participado da 1ª. Etapa do Campeonato Sul-Americano da classe ORC e IRC.

Confira as fotos do lançamento da 44ª Semana de Vela de Ilhabela:

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/lancamento-oficial-da-semana-de-vela-2017/

maio 16 2017

Dia dos namorados no YCI. Save the Date

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/dia-dos-namorados-no-yci-save-the-date/

maio 14 2017

Feliz Dia das Mães

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/feliz-dia-das-maes/

maio 11 2017

Obras da torre de rádio estão em fase adiantada

Quem passa pela marina do YCI pode observar que as obras da nova torre de radiocomunicação do YCI estão bastante adiantadas.

A estrutura metálica agora ganhou fechamento com revestimento termoacústico e em breve serão instaladas a caixilharia e feito o fechamento com vidros.

Na sequência serão executadas as  instalações elétricas, hidráulicas e os móveis para acomodar os equipamentos, que estão sendo feito sob medida para o novo local.

Modernização com novos equipamentos

Como explica o diretor de radiocomunicação Marcus Vinícius Assumpção, “o YCI está investindo em novos equipamentos eletrônicos, como modernos rádios VHF, além de aproveitar os equipamentos SSB atuais.

Na fase final de instalação da nova estação radiocosteira será feito o reposicionamento das antenas, com o objetivo de obter o melhor sinal possível”.

Segundo Ivan Lopes da Silva, um dos integrantes da Comissão de Obras, todos os esforços estão sendo feitos para que a nova torre esteja em funcionamento antes da Semana de Vela de Ilhabela.

“Embora, é bom ressaltar, dependemos de vários aspectos técnicos e de fornecedores, para que consigamos cumprir este objetivo”.

Para o comodoro José Yunes “será muito bom se conseguirmos a estação radiocosteira para este evento, mas, mais importante que a data exata, é proporcionar aos associados um serviço de padrão ainda mais elevado do que aquele que já prestamos hoje, em uma área do clube que é reconhecida por todos por sua excelência”.

A galeria abaixo mostra estágios da obra.

 

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/obras-da-torre-de-radio-estao-em-fase-adiantada/

maio 10 2017

Venha participar do maior encontro da vela brasileira

As inscrições para a 44ª edição da Semana de Vela de Ilhabela começam a ser recebidas nesta quarta-feira (10) pelo site oficial da regata – www.svilhabela.com.br. O grande encontro anual da modalidade será de 7 a 15 de julho, no litoral norte de São Paulo (SP). O evento terá participações de atletas olímpicos, amadores e da comunidade de Ilhabela, que todos os anos recebe mais de 1.000 competidores. Na área esportiva, serão nove classes de barcos em disputa. Fora da água, a organização terá uma Race Village, nos mesmos moldes de grandes competições internacionais, com atrações para todos que estiverem na ilha nas férias de julho.

”Os participantes serão impactados desde a chegada na ilha. No YCI e na Race Village (Vila da Regata), a gente está programando uma interação maior entre os velejadores. Além das disputas, em uma das raias mais técnicas do país, os competidores e seus acompanhantes terão muitas opções de entretenimento ao longo do evento. Shows, cursos e palestras estão na lista de opções. Após as provas, a Semana de Vela de Ilhabela será uma grande confraternização entre quem faz a modalidade acontecer”, disse Cuca Sodré, organizador da edição número 44 da regata.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente no site oficial. O acesso ao sistema estará disponível até o dia 2 de julho. Os valores podem ser consultados em www.svilhabela.com.br. A organização dará desconto para as tripulações de veleiros nas poitas do Yacht Club de Ilhabela e barcos que ficarem em seus clubes ou amarras próprias. Haverá redução no valor para as tripulações de veleiros que tenham participado da 1ª. Etapa do Campeonato Sul-Americano da classe ORC e IRC.

Levando em consideração a edição passada, a Semana de Vela de Ilhabela é um sucesso de público. Foram 136 barcos de 13 classes diferentes na disputa, entre eles equipes do Uruguai, Argentina e Chile. As regatas também serão válidas pelo Campeonato Sul-Americano das classes ORC, IRC e Campeonatos Brasileiros das classes C30 e BRA-RGS.

Por Flávio Perez/Onboard Sports

Foto: Edu Grigaits|Balaio

Link permanente para este artigo: http://www.yci.com.br/2833-2/

Posts mais antigos «